Anterior

Geraldo Alckmin entrega obras de duplicação

11/10/2017

Anterior
11/10/2017 - 08:29
Jovem diz que agressor atirou esperma contra ela e a atacou

Vítima de 21 anos relata que estava em ponto de circular, quando homem jogou a substância nela e tocou suas partes íntimas

"Foi horrível. Eu me senti impotente, exposta". É assim que uma jovem de 21 anos descreve a violência que sofreu na manhã dessa terça-feira (10), enquanto aguardava um circular em um ponto na quadra 4 da rua Antônio Cintra Junior, no Jardim Cruzeiro do Sul, em Bauru. Era um dia comum - em que ela levaria o irmão, de 4 anos, à natação - que foi brutalmente transformado por um homem articulado e bem vestido, ainda não identificado pela polícia.

Depois de iniciar uma conversa com a vítima, ele jogou uma substância com aparência e odor de esperma sobre suas costas e, em seguida, a atacou. "Ele me segurou pela perna e colocou as mãos dentro do meu short, na frente e por trás", contou a jovem, ainda bastante abalada. A criança assistiu a toda a cena.

A jovem conta que o agressor, que não aparentava ter mais do que 30 anos, se aproximou sem levantar suspeitas. Iniciou uma conversa amistosa e, em determinado momento, sugeriu para que ela se levantasse do banco do ponto, porque bichos estariam caindo da árvore existente no local.

O ATAQUE

"Eu levantei e virei de costas para olhar o banco. Foi quando ele jogou esperma na minha roupa. Antes que eu percebesse, ele disse que tinha um bicho nas minhas costas. Fez isso para que eu colocasse a mão no esperma", relembra, destacando que não viu onde o criminoso levava a substância.

"Foi tudo muito rápido e fiquei sem reação. Demorei alguns segundos para entender o que estava acontecendo. Com a mão toda suja, ele passou aquilo nas minhas partes íntimas, com meu irmão vendo tudo", relata.

Após o ataque, a vítima conseguiu se desvencilhar e fugiu. Ao chegar em casa e contar o que ocorrera, foi levada por familiares até a Central de Polícia Judiciária (CPJ). As roupas foram apreendidas para perícia e um boletim de ocorrência por estupro foi registrado. A Polícia Civil informou que investigará o caso.

jcnet






Link:





Deixe seu Comentário

Pederneiras - Hoje
Máxima: 22°C    Mínima: 22°C
Pedernews

Usuários Online: 17

Total de Visitas: 4144013


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.